Duvida por email: Fungos nas orquídeas.

Uma GRANDE amiga me enviou um email… Bom, na verdade foram dezenas de emails…. solicitando socorro, por que as orquideas dela estão com fungos.

Mas durante estes últimos meses eu não pude ajudá-la.

Ela mora no Mato Grosso. E como sabemos, QUASE não chove por lá!!! HAsoh!
Umidade maior, só na Amazônia mesmo!
Massss…. Se muitas das orquídeas vêm da amazônia, como pode a umidade da casa dela estar gerando problemas?
Desequilíbrio horas!!

Se houvesse o equilíbrio que há (ou que deveria haver) na Amazônia, ela não estaria tendo estes problemas.

Então, quando procuramos um problema, devemos entender que NÓS é que estamos errados, desde o começo.
Colocar 200 orquídeas numa casa, enfileiradas numa prateleira, não é natural.

Então, como buscar este equilíbrio?
infelizmente, como você deve imaginar, não dá!
Mas a gente consegue pelo menos “aclimatizar” as plantas de forma que elas se sintam “mais em casa possível”.

Conversando com amigos, donos de orquidarios, eles assumem “em off” que usam grandes quantidades de pesticidas… por que você imagine um orquidario grande por ai, com 10, quem sabe 20.000 plantas em 150m2.

Enfim, vamos às plantas da I.?
Planta 1)
Assim como eu escolhi cultivar minhas orquideas em “toquinhos”, ela escolheu cascas de coco.
Estas foram as formas que cada um encontrou, à sua maneira, de buscar aquela re-adaptação da planta ao meio….

Eu já falei diversas vezes para a I. (e já escrevi aqui também) que eu ODEIO coco para orquideas.
Eles apodrecem com o tempo, guardam bastante umidade (principal motivo para mim) e possuem tanino, o que prejudica o desenvolvimento das raizes.

Mas, ela gosta.

Bom, o problema pode ter vido dos fungos que atacaram o coco… mas eu acho que não.
Dá para ver nas fotos que as raizes estão bem, que não estão sendo atacadas.
Se fosse problema por fungo vindo do coco, as raizes estriam amareladas, ressequidas.
Não é o caso.

Acho que o problema desta planta esta vindo de outro lugar….

Planta 2)

Este Dendrobium (??) está começando a ter os mesmos problemas da planta acima.

Não, não estou falando dela ser feia… é normal dela…. Mas dá para ver BEM no meio da foto uma folha amarronzada.

E como ela não está plantada em um coco, então a doença não está vindo do mesmo.
Eliminando a primeira hipótese!

Então, o que será?
Bom, pode ser que o ambiente esteja contaminado também. O que ainda alimentaria a primeira hipótese.

Aqui ela usa cascas de árvore; substrato que eu gosto muito.
Ele tem drenagem bem mais rápida, e portanto evita doenças.

Mas vamos analisar mais….

Planta 3)
Bom, esta mancha nesta planta NÃO é de fungo ou invasores… ela achou que era… mas não.
Apesar de Dendrobiuns aguentar bastante o sol, este aqui se queimou. O que eu não duvido que aconteça no Mato Grosso!

Teria que ver a parte de trás das folha para ter certeza, pois esta “cicatriz” não me inspira confiança, mas o amarelo da folha parece ser queimadura de sol….

Mas, então, qual a importância da foto?
Esta foto nos mostra como a I. cultiva suas plantas:
Penduradas em uma tela no muro.

Eu tenho uma tela destas, numa parede, com umas 20 plantinhas nela. Todas as minhas mini estão assim.

E é legal! Fica legal!
Mas tem que tomar o devido cuidado para que uma planta doente não transmita doença para outra.
Uma em cima da outra fica complicado! Tem que ter cuidado com isto.

Planta 4)

Esta aqui eu esqueci o nome (I, depois me fala ok?) mas o que importa é ver que suas folhas estão manchadas acima do normal.
É normal sim ela ter pequenas manchas. Algumas maiores podem aparecer, mas não nesta quantidade.
Dá para ver que algumas folhas estão ficando amareladas nas pontas.

Eu gostaria muito de ver as raizes desta planta. Mas vão algumas dicas:
1) Se estiverem meladas: Troque todo o substrato, Podem haver invasores aí. Geralmente nemateomintos (planárias) e pequenas lesmas.
2) Se estiverem secas: Falta de água, o que não é o caso.
3) Se estiverem marrons: Jogue a planta fora. Infestação PESADA por vírus.

De qualquer forma, eu trocaria o substrato desta planta imediatamente.
A minha está em esfagno (ou sphagnum) com brita de tamanho 0. Pedras tão pequenas quanto àquelas pedrinhas de aquário,mas como ai a umidade é maior, eu usaria mais fibra de coco (já falei sobre ela num post sobre substratos)

Planta 5)

Planta doente

Planta doente

Esta foto / planta não “corrobora” na busca de uma solução plausível, mas mostra que está doente sim.
E não são as folhas amarelas que me mostraram isto.

Se você traçar um eixo vertical na foto, e observar no “terço” superior, vai ver que tem uma folha com uma “lãzinha”, ou uma “poeirinha” branca. Certo?
Indício de cochonilha ok?

Tratamento é simples, e fácil nesta época: Fumo de rolo com sabão de coco.
As folhas amareladas ficaram assim por que (nossa, parece até que to vendo!) se você puchar a folha amarelada, vai ver que se esconderam (entre ela e o pseudo-bulbo) centenas de cochonilhas.

Ali eu lavaria com uma escova de dentes velha e bem macia!
Use bastante sabão e depois não precisa lavar a planta. Deixe o sabão na planta pela noite.
Eu faço isto sempre de tardezinha, quando já está escurecendo. E deixo o sabão na planta até de manhã, quando rego abundantemente a planta, lavando-a!

Planta 6)

Planta comida nas pontas.

Foto A

Ovos nas plantas.

Foto B


Heeeeeeeeeita!!! Tá aqui uma dica muito importante hein!?
Não tenho certeza se são fotos da mesma planta, mas me parece que sim.

Tá vendo como (Foto A) ela está cheia de pintinhas e com as pontas comidas?
Tá vendo como (Foto B) ela tem pequenos sulcos ou buracos nas folhas?

Isto é ação de um pequeno (MUITO pequeno) inseto que é a grande praga dos orquidários.

Procure nas tuas plantas um bixinho rápido, que se esconde da luz e de você. Ele tenta sempre ficar “por tras” das folhas, escondendo-se. Ele se chama Tenthecoris .

Se você quiser uma solução desesperada, compre água sanitária (aqui em SP é chamada de Cândida), e dilua a 2%. (o que dá uma ou duas colheres de sopa para cada litro d’água). Passe com um algodão em todas as suas plantas. Folhas, pseudo-bulbos, raizes… tudo!

Bom, agora que sabemos o que está atacando boa parte das tuas plantas, vou te pedir para ler este post aqui, e cuidar delas com muito carinho….

Quando se é atacado pelo Tenthecoris, ele facilita a entrada de vírus.
Infestações por vírus são até que comuns em orquideas desequilibradas, mas você vai precisar mesmo da “calda bordaleza” e de muita tesoura!! CORTE TUDO QUE SE PARECER DOENTE!
E lembre-se de esterelizar sempre a tesoura, mesmo que na mesma planta.
Eu faço assim:
Tenho 3 tesouras e um MEGA frasco com alcool (o mais forte que se encontrar).
Deixo todas abertas dentro do frasco.
Pego uma, corto, limpo com um papel higiênico úmido, volto ela dentro do alcool.
Pego outra e repito o mesmo processo.

Assim as tesouras vão sempre estar “limpas”.
Dá trabalho, mas você precisa cuidar para não espalhar os vírus.

Boa sorte e vai me contando o que aconteceu!

Planta 7)
Identificação:

Denfal

Denfal

Por último, ela quer saber qual Denfal é esta.

I, infelizmente estas plantas já sofreram tanta hibridização, que atualmente é impossível identificar de onde veio tal cruzamento.

Assim como as phalaenopsis, as Dendrobrium-Phalaenopsis (Denfal) são apenas… Denfal.

Também encontramos os nomes de Denfale, Denphale ou Denphal.

About these ads
Comments
2 Responses to “Duvida por email: Fungos nas orquídeas.”
  1. Carlos disse:

    Pensando novamente aqui, vi que eu faria o seguinte:
    As 2 ações:
    1) Algodão com água sanitária a 2% em todas as folhas de todas as plantas.
    2) Calda com nicotina. (use máscara).

  2. Iara Lucia disse:

    Carlos, muito, muitíssimo obrigado pelas dicas, já estou fazendo o que me pediu. Separei as meninas e estou dando banho nelas com a cândida a 2%, só tenho uma peq. dúvida. Quanto tempo deixo a cândida agir sobre a planta?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Voce ja viu que este blog agora esta inativo?

    Desculpe, tive que parar com o Blog por que minha

    vida esta passando por grandes mudanças e há

    coisas que eu preciso cuidar, antes de pensar neste

    blog novamente.


    Clique no logo (acima) e leia o texto completo,

    explicando os porquês.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 25 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: